Buscar
  • Thiago Sieiro

Idade de Cristo

33, idade de Cristo, esse que fui apresentado através da minha criação religiosa, mas que conheci mesmo nos momentos que estava sozinho em meu quarto e também nos olhos de muitas pessoas que passaram pela minha vida. Ele que tem a máxima do AMOR, um caminho que não promete ser fácil, mas sim libertador.


Por muitas vezes fui conhecido como um praticante desse caminho, ironicamente criticado pelos mesmos líderes que me apresentaram o Cristo, por ser um caminho muito “bonzinho” e não parecer “justo”. Muitas vezes eu mesmo confundi o que era amor, sem mesmo conseguir fazer isso por mim.


Amar não implica em ter uma vida sem responsabilidade, assim como também não tira seu medo de errar. Mas o que aprendi é que não existe AMOR, sem CORAGEM.


Sim, tem q ter CORAGEM para amar a si e mais ainda para amar o outro. Vão te chamar de sensível demais, de fraco(a), de tonto(a) e quando se posicionar, vão te achar rude, grosso(a). Nem todo mundo vai gostar do seu jeito de ver o mundo.

Você será crucificado, terá que morrer muitas vezes, mas também ressuscitará e será renovado.


Hoje na “idade de Cristo”, não tenho mais dúvida que é um caminho que liberta e que é a palavra que mais deve ser espalhada.


Que eu e todos nós tenhamos CORAGEM para AMAR.


S I E I R O




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo